sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Puruba, nosso lugar em Ubatuba

Puruba em Ubatuba

Puruba é um daqueles recantos mágicos, onde a natureza resolve ficar exibida e mostra toda sua beleza e encanto. Foi pra lá que o Thiago me levou na nossa primeira viagem juntos e foi lá que descobrimos como queríamos viver nossa relação: livres e soltos no mundo, unidos e parceiros na vida. E, mesmo hoje, quando a rotina insiste de nos desviar desse caminho, lembro dessa primeira viagem e consigo sentir o vento gostoso daquela praia paradisíaca e a sensação de eternidade, que senti ali.

Puruba é uma das últimas praias do litoral norte de São Paulo, antes de chegar à Paraty e fica à 24km do centro de Ubatuba. O acesso é feito pela Rio-Santos e depois uma pequena estrada de terra que leva até algumas casinhas simples.
Chegamos numa manhã de julho de 2012 e apesar de ser feriado, o tempo ameno havia expulsado os visitantes. Simpáticas senhoras conversavam tranquilamente na varanda. O estacionamento era ali mesmo, sem flanelinhas, sem briga por vagas, tudo em paz e harmonia. Paramos e o Thi logo reconheceu uma das senhoras, dona do único camping do lugar, onde ele ficara da primeira vez que foi para aquela região.

O Rio Puruba


Seguimos para a praia e aí já começou a aventura: precisaríamos atravessar o Rio Puruba, que bem ali fica paralelo ao mar e bloqueia a passagem pra praia. A travessia pode ser feita de canoa também, mas naquele dia não havia absolutamente ninguém que realizasse esse serviço. Atravessamos a pé mesmo e, apesar da apreensão inicial, foi bem tranquilo, pois a maré estava baixa e a água não chegou nem a minha cintura (mesmo eu sendo baixinha).

Rio Puruba em Ubatuba
Atravessando o Rio Puruba

Rio Puruba em Ubatuba
Enfim, chegando à praia

A praia de Puruba


A chegada à praia é por uma estreita faixa de areia que dá acesso ao mar. Apesar de escutarmos o barulho das ondas e saber que estávamos próximos, ver aquele marzão lindo foi uma surpresa. A praia estava absolutamente deserta e linda. Tínhamos toda aquela maravilha só pra nós. Um privilégio.
A Serra do Mar emoldurava a paisagem e pra onde olhávamos haviam morros próximos se misturando à visão do mar.

Praia de Puruba em Ubatuba
Praia de Puruba com os morros da Serra do Mar

Ficamos ali um bom tempo, respirando aquela paisagem e aproveitando o vento gostoso que soprava e logo começamos a caminhar em direção à desembocadura do rio, que fica bem próximo dali. O encontro do Rio Puruba com o mar é uma cena de filme: águas calmas e cristalinas e um visual de perder o fôlego. Logo percebemos que do outro lado do rio, haviam muitos pescadores com varas apontadas pra água. Eles conversavam tranquilamente, enquanto esperavam suas iscas serem abocanhadas. Trabalho bom esse.

Rio Puruba em Ubatuba
Rio Puruba chegando ao mar

Pescadores na Praia de Puruba em Ubatuba
Pescadores em atividade, bem ao fundo

Ficamos por ali um bom tempo, tomando banho de rio e aproveitando aquele lugar lindo. Aos poucos, fomos retornando pra praia, caminhando sem pressa e com várias pausas pra tomar banho, fotografar e saborear aquele momento. Ficamos ainda um tempo na praia, curtindo um solzinho tímido e gostoso.

Praia de Puruba em Ubatuba
Nas areias de Puruba

Preocupados com a maré, decidimos voltar e, pelo mesmo caminho da ida, atravessamos novamente sem dificuldades o rio.

Praia de Puruba em Ubatuba
Procurando o rio, no caminho de volta

Como eu disse no começo desse post, lembrar dessa viagem depois de mais de um ano é um exercício de inspiração e saudosismo. Não só pelas lembranças do lugar, mas também por ter sido ali que percebi que aquele moço que eu havia conhecido há pouco mais de um mês era o homem com quem eu queria fazer a maior viagem de todas: compartilhar a minha vida.


Mais posts sobre Ubatuba:

Nenhum comentário:

Postar um comentário