terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

A Feira da Kantuta e o Carnaval Boliviano em São Paulo

Carnaval Boliviano na Feira da Kantuta

Por mais que nosso orgulho fale alto, o Carnaval não é exclusividade brasileira. Em vários lugares do mundo, esse é um período de fruição dos prazeres da carne, seja para pagãos ou cristãos e não seria diferente na Bolívia, onde o sincretismo religioso marca o país. Oruro é a região andina que mais se envolve com as comemorações carnavalescas, que tem sua origem em invocações da Pachamama e que se somaram à homenagens para a Virgem da Calendária, que faz parte da cultura religiosa da região. A cultura do Carnaval é tão forte entre os bolivianos que a comunidade andina residente em São Paulo se organiza anualmente para preservar suas tradições, realizando um alegre desfile de comparsas que antes ocorriam na autêntica Feira da Kantuta e hoje acontece no fabuloso Memorial da América Latina.


Carnaval Boliviano na Feira da Kantuta
Je sui nativo do mundo! ;)

A Feira da Kantuta

Feira da Kantuta fica na região no Pari, bairro na zona central de São Paulo e que aos domingos é ocupado por centenas de bolivianos, que vivem na cidade. Cholas são facilmente encontradas por ali com suas saias rodadas e longas tranças. Pelas redondezas também é possível comer deliciosas salteñas e comprar instrumentos típicos bolivianos, como o charango, ou a flauta de pã.

Salteña boliviana na Feira da Kantuta
Salteña boliviana na Feira da Kantuta

Carnaval Boliviano na Feira da Kantuta
Kantuta

A nome da feira não surgiu à toa. Kantuta é a flor nacional típica do altiplano andino e empresta as cores da bandeira boliviana: verde, amarelo e vermelho. O lugar nasceu em 2001, quando a feira informal que se formava todo domingo na antiga Praça Padre Bento, mas como crescimento dos eventos no local, a prefeitura legalizou as barraquinhas, fundando assim a já tradicional feira.

O Carnaval Boliviano em São Paulo


Apesar da movimentação ao longo de todo o ano na praça, nenhuma época é tão animada quanto o Carnaval. Quando a data se aproxima, é comum encontrar as diferentes comparsas (blocos) ensaiando nas redondenzas com as roupinhas típicas e a música tradicional.
Quando eu participei desse carnaval, em 2012, a festa ainda acontecia na própria feira, porém de alguns anos pra cá, os desfiles tem acontecido no Memorial da América Latina, que só pelo nome merece receber a tradição boliviana. As fotos desse post são desse tempo em que os cortejos ainda eram realizados na praça.

Carnaval Boliviano na Feira da Kantuta
Carnaval Boliviano

Carnaval Boliviano na Feira da Kantuta

Foi uma experiência interessantíssima estar ali em meio a alegria dos imigrantes, que de fato realizam a festa como se estivessem em sua terra natal. As comparsas desfilam com suas danças ensaiadas e roupas típicas, numa alegria verdadeiramente carnavalescas.

Carnaval Boliviano na Feira da Kantuta
Roupas típicas andinas 

O ritmo dominante no Carnaval boliviano aqui no Brasil é o Caporal, que tem no Grupo Folklorico Kantuta um forte representante. Os homens se apresentam usando os cascasveles (guizos) nas botas que dão ritmo e carregam o látigo, uma espécie de chicote, representando os capatazes que perseguiam os escravos fugidos, já que esse é um ritmo com forte influência negra.
Outros ritmos também participam da festa boliviana como a Diablada, a Morenada, a Chacarera (que também é tocada no norte da Argentina), Cueca, Pujllay, entre tantos outros ritmos do Chacho, dos Andes e da Amazônia boliviana. Preciso aqui mencionar um texto excelente sobre cada um desses ritmos, publicado no portal Bolívia Cultural e que muito me ensinou, inclusive para escrever esse post e que recomendo.

Carnaval Boliviano na Feira da Kantuta

Assim é a festa mais animada no ano tanto no Brasil, quanto na Bolívia. E também para os corajosos imigrantes bolivianos, que vem recomeçar a vida em terras brasileiras e nos ensinam e compartilham de suas tradições e cultura, contribuindo para esse caldeirão cultural, que é nosso país. Todo o meu respeito e consideração pelo povo andino dentro e fora da Bolívia. E feliz Carnaval à todos!

Carnaval Boliviano na Feira da Kantuta
Cansaço após a comparsa


Informações Práticas

Onde fica a Feira da Kantuta e quando acontece?
A feira acontece todo domingo das 11h às 19h, na Rua Pedro Vicente, 600 em São Paulo, próximo ao Metrô Armênia (na linha azul).
Para comer salteña é importante não chegar tarde, já que tradicionalmente essa é uma refeição servida apenas pela manhã.

A feira é organizada pela Associação Gastronômica Cultural, folclórica Boliviana Padre Bento, cuja sede é na própria praça.
Contato: (11) 2955-5909

E o Carnaval dos bolivianos?
O Carnaval boliviano em São Paulo é comemorado sempre no domingo de carnaval e, apesar de antes acontecer nas proximidades da própria Kantuta, nos últimos anos tem acontecido no Memorial da América Latina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário